FPI


Fiscalizar, prevenir e garantir a segurança da população. Essas são as metas da Fiscalização Preventiva Integrada - FPI, um programa criado e coordenado pelo Crea-RN que funciona sempre em parceria com outros órgãos.

O principal objetivo da FPI é salvaguardar a população de situações de risco. Por isso, apesar das fiscalizações serem educativas e preventivas, o não atendimento às exigências, quanto à correção dos problemas detectados por ocasião das inspeções, pode implicar na emissão de autos de infração, na interdição parcial, ou nos casos mais graves, até na solicitação de interdição total do espaço e equipamentos, através de medidas judiciais, conforme legislação específica de cada órgão.

A FPI não é uma entidade pública a qual se possa, por fatalidades ou críticas substituir os órgãos que possuam esta finalidade. A Fiscalização Preventiva Integrada é apenas um programa que reúne os órgãos com a missão de fiscalizar e autuar, no que diz respeito, ao bem estar e tranqüilidade social.

A Fiscalização Preventiva Integrada (FPI) já vistoriou supermercados, igrejas, escolas públicas e privadas, hospitais e clinicas, boates e restaurantes, estádios e ginásios, embarcações marítimas, eventos de grande porte, entre outros espaços de grande aglomeração de pessoas.

O que é a FPI?
É uma iniciativa de diversos órgãos que realizam as ações de fiscalização, prevenção e proteção da população em locais com possibilidade de risco.

Por que a fiscalização é preventiva e integrada ?
Porque ela pretende agir antes que a irregularidade seja constatada e busca atuar em conjunto com os demais órgãos parceiros multiplicando as ações em benefício da comunidade.

Como é realizado o trabalho ?
A FPI tem quatro áreas de atuação: meio ambiente, patrimônio histórico, segurança e coletividade e saúde e alimentos.