Audiência Pública discute Plano de Manutenção de Obras de Natal

Audiência Pública discute Plano de Manutenção de Obras de Natal

Por CREA-RN em 17/05/2018 às 10:41

Apresentação de planos de manutenção, mudanças no código de obras da cidade, destinação de mais recursos para obras de manutenção e a melhoria no diálogo entre as esferas governamentais. Estas foram as principais sugestões levantadas durante a audiência pública realizada pela Câmara Municipal de Natal, que discutiu a necessidade de manutenção e conservação na infraestrutura urbana da capital potiguar, visando o seu maior desenvolvimento. A presidente do Crea-RN, Ana Adalgisa Dias Paulino, foi uma das convidadas do autor da proposição, o vereador Felipe Alves (MDB).

“Não queremos alarmar a população, mas chamamos atenção para a necessidade da manutenção de um equipamento tão importante para a cidade, pois liga as zonas Norte e Sul do município de Natal. Essa é uma das atribuições do Crea-RN: atuar em defesa da sociedade”, destacou a presidente Crea-RN, Ana Adalgisa Dias Paulino.

Felipe Alves ressaltou a importância do debate e destacou que o desenvolvimento da cidade passa diretamente pela manutenção e conservação de seus equipamentos. O parlamentar comentou ainda que a capital potiguar possui diversos espaços onde existe a necessidade premente de manutenção, mas muitas vezes o poder público não dá a devida prioridade.

“Foi um debate intenso e muito esclarecedor. Para que as ações de manutenção dos equipamentos públicos sejam prioridade dos gestores públicos, apresentaremos uma proposta de mudança no código de obras de Natal, determinado que toda intervenção de infraestrutura tenha seu plano de manutenção, especificando de forma detalhada qual o material utilizado e a periodicidade para a realização de inspeção. Além disso, indicaremos mais recursos no orçamento municipal para que a secretaria municipal de Obras reforce as suas ações de conservação”, declarou Felipe.

Um dos temas relevantes tratados na audiência foi a situação da Ponte de Igapó. O vereador Felipe Alves indagou o engenheiro Walter Fernandes, representante do DNIT, sobre quais são as ações para recuperar o equipamento. Ele garantiu que apesar do desgaste não há risco eminente da ponte entrar em colapso, porém reconheceu a necessidade da realização de reparos em alguns pontos específicos da estrutura: “Estamos trabalhando para iniciar estes serviços ainda este ano”.

Participaram da audiência pública a presidente do CREA/RN, Ana Adalgisa Dias, o secretário municipal de Obras, Tomaz Neto, o secretário estadual de Infraestrutura, Jader Torres, o representante do DNIT, Walter Fernandes, a promotora do Meio Ambiente do MP/RN, Jeane Lima, além de representantes de diversas entidades ligadas ao tema.